Câmara hasteia bandeira a meio mastro e luto de 3 dias pela morte de Juvêncio César da Fonseca

Juvêncio foi prefeito de Campo Grande por dois mandatos e senador por MS

A Câmara de Vereadores de Campo Grande decretou luto oficial de três dias, assim como a Prefeitura Municipal, pela morte do ex-prefeito Juvêncio César da Fonseca, neste sábado (14). 

Segundo a nota oficial publicada no site do Legislativo, em sinal de respeito, em homenagem e reconhecimento aos serviços prestados a Campo Grande, as bandeiras da Casa de Leis estarão hasteadas a meio mastro, além do decreto oficial de luto.

Juvêncio foi vereador em Campo Grande de 1983 a 1985, sendo eleito o primeiro prefeito da Capital sul-mato-grossense após o fim da ditadura militar. Tornou-se famoso pela revitalização das praças e pela criação do passe livre do estudante no transporte coletivo. 

O presidente da Câmara Municipal, vereador João Rocha (PSDB), em nome de todos os parlamentares e funcionários da Casa de Leis, manifesta suas condolências à família e amigos, na certeza de que Deus os consolará e confortará.

O enterro de Juvêncio acontece às 15h30 no Parque das Primaveras, na Avenida Senador Filinto Müler, nº 2.211, no Jardim Parati. Ele morreu aos 84 anos, devido a complicações de uma infecção no osso causada por bactérias. O ex-prefeito e ex-senador ficou internado dois meses no Proncor.

(Com assessoria)

Mais notícias