Prefeitura decreta luto de três dias pela morte do ex-prefeito Juvêncio César da Fonseca

Fonseca também foi senador por Mato Grosso do Sul

A Prefeitura de Campo Grande vai decretar luto de 3 dias, pela morte do ex-prefeito da Capital, Juvêncio César da Fonseca. Ele morreu por volta das 2h deste sábado (14), após dois meses internado no Proncor. 

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), disse estar triste, mas conformado. “Triste pela perda física do ex-prefeito, conformado porque sabemos que o exemplo de vida que ele nos deu, ele descansará no reino do céu”.

Juvêncio também foi senador por Mato Grosso do Sul. Sua morte foi lembrada por Simone Tebet (MDB) e pelo ex-senador Delcídio do Amaral (PTB), nas redes sociais. 

Tebet publicou ser um dia triste para a política do MS. “Nos deixou o ex-senador e ex-prefeito da capital, Juvêncio César da Fonseca, aos 84 anos. Meus sentimentos a esposa, dona Sueli, aos filhos e netos. Um homem íntegro que esteve presente nos momentos importantes para o desenvolvimento do nosso estado”.

No Facebook, Delídio publicou que Juvêncio foi seu companheiro de Senado. “Perdemos Juvêncio da Fonseca, um camarada que foi meu companheiro de Senado e alguém que sempre admirei pela humildade e respeito às pessoas. Nosso Estado perde uma grande liderança política e um ser humano absolutamente diferenciado! Que Deus abençoe sua família”.

Juvêncio César da Fonseca está sendo velado no Parque das Primaveras e o enterro está previsto às 15h30.