Tire suas dúvidas sobre o CRLVe, como emitir e usar o registro eletrônico do carro

O app já começou a ser disponibilizado nesta segunda-feira no Distrito Federal

O aplicativo para versão eletrônica do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo), rebatizado de Carteira Digital de Trânsito, já está em operação, ele começou a ser disponibilizado nesta segunda-feira (28) no DF (Distrito Federal) e até 31 de dezembro estará disponível para outros estados.

Para sanar algumas dúvidas sobre o documento virtual separamos informações básicas sobre ele:

1 – Como conseguir o documento virtual?

O CRLVe é um aplicativo, então é preciso fazer o download, estão disponíveis versões para Android e iOS. Para utilizar é necessário informar o número do Renavam e o código de segurança impresso no CRV (Certificado de Registro do Veículo).

2 – E quem já tem a CNH eletrônica?

Quem já possui a CNHe não vai precisar baixar novamente, o aplicativo vai atualizar para a Carteira Digital de Trânsito quando estiver disponível. Isso acontece se a atualização automática estiver habilitada no aparelho, caso não esteja é preciso fazer manualmente.

3 – Quanto custa?

Cada Detran vai definir se cobra ou não uma taxa adicional pelo serviço.

4 – E o licenciamento?

Mesmo que não tenha taxa para o novo serviço é preciso continuar pagando o licenciamento do veículo da mesma forma, inclusive para acessar o CRLVe é necessário ter pago o licenciamento de 2018, se tiver débitos não pode solicitar a versão eletrônica do documento.

5 – Ele é seguro?

O aplicativo traz todas as informações do veículo, como o documento físico, e também pode ser exportado em PDF, mas para isso é preciso ter um certificado digital – uma ‘assinatura’ virtual de pessoa física ou jurídica, serve para validar documentos.

A autenticidade do CRLVe pode ser verificada pelo QRCode que têm no documento digital, então é seguro.

6 – E se eu tiver mais de um carro?

Um mesmo aplicativo pode ter mais de um registro de veículo, para isso é necessário fornecer as informações de cada veículo (número do Renavam e o código de segurança impresso no CRV).

7- E se eu não for dono do veículo, posso ter o CRLVe?

Não, o CRLVe está vinculado ao número de celular informado no cadastro e precisa de informações que apenas o proprietário do veículo possui.

8 – Preciso de acesso à internet para usar o aplicativo?

Não, só é preciso na hora de cadastrar, no momento que for adicionar as informações, depois ele fica armazenado e criptografado no dispositivo.

9 – Para que serve esse aplicativo?

Serve para substituir o documento físico, ele também evita a perda ou o roubo do documento impresso, que pode ficar guardado com o uso do digital.

10 – Se tiver débito ou irregular o CRLVe vai ‘dedurar’?

O aplicativo atualmente não tem a função de informar se o documento está cassado ou suspenso, mas pode ter no futuro, é uma possibilidade.

Quanto aos débitos ele tem todas as informações do documento físico como ano do licenciamento, se estiver vencido informa do mesma forma que o impresso.