BMW do crime organizado é arrematada por R$ 323 mil em leilão no Mato Grosso do Sul

O veículo leiloado é a única BMW a diesel do Brasil. Já a aeronave que estava no lote não foi arrematada e ficará para o próximo leilão

Realizado na manhã desta quinta-feira (3) o leilão de bens apreendidos pela Justiça Federal de Campo Grande, da 3ª Vara Criminal, especializada na recuperação de patrimônio do crime organizado.

Entre os bens a serem leiloados estavam uma aeronave, Pelican 500 BR, com o lance inicial de R$ 90 mil, que não foi arrematada e uma BMW, a diesel, a única no Brasil.

A proprietária da BMW está sendo executada através do processo nº 0008555-43.2011.403.6000 e foi arrematada por um comprador de Campo Grande, pelo valor de R$ 323 mil, mais as taxas.

Os leilões são presenciais e eletrônicos, com o objetivo de vender bens, como imóveis e veículos, que pertenciam a narcotraficantes presos.

Leilão

Os leilões são autorizados pela Justiça Federal, nos casos de bens perecíveis. “Podem ser leiloados logo porque se deterioram, principalmente os aviões”, informou o juiz federal, Odilon de Oliveira.

De acordo com o juiz, os valores arrecadados nos leilões são depositados em contas específicas. “A destinação do dinheiro é dada quando não cabe mais recurso”.

Para Oliveira o ideal seria utilizar este dinheiro na segurança pública. “Só a 3ª Vara já arrecadou R$ 25 milhões”, destacou o juiz.

A 3ª Vara Criminal é a que mais arrecada porque é especializada na recuperação de patrimônio do crime organizado. “A maioria dos bens apreendidos são do tráfico de drogas”, afirmou.

Os bens que não foram arrematados no leilão de hoje, vão para o 2º leilão que será realizado no dia 16 de novembro, com 40% de desconto.

Mais notícias