Destinos para viajar no inverno brasileiro

O inverno começa no dia 21 de junho e com ele as tão esperadas férias de junho. Para quem gosta de curtir as temperaturas mais baixas, é hora de aproveitar. Da neve e temperaturas abaixo de zero da Serra Catarinense – a região mais fria do Brasil – a Monte Verde, em Minas Gerais, os turistas brasileiros possuem ótimas opções, com muito charme e conforto.

Começando pelo sul do país, a cidade de Gramado é uma das mais procuradas na estação. Conhecida como a “Suíça brasileira”, a cidade é famosa pela arquitetura, bons passeios e boa gastronomia. Vale a pena incluir nos pacotes para Gramado ingressos para seus principais museus, parques temáticos e atrações fechadas para curtir nos dias de mau tempo, como o Museu do Automóvel, o espetáculo Korvatunturi e o Museu de Cera Dreamland. Se estiver com crianças ou gostar de aventura, vale a pena reservar um dia inteiro para aproveitar a montanha de neve do Snowland, com sua vila, restaurantes, área para crianças e esportes de inverno.

Outra atração imperdível na cidade é o passeio de Maria Fumaça em Gramado. Partindo da Cidade de Gramado até a estação de trem, a Maria Fumaça percorre as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa em um percurso de 23km, realizado em aproximadamente 1h30min.

Ainda no sul do país, a cidade de Bento Gonçalves é uma boa opção para curtir o inverno. As vinícolas são as principais atrações da cidade. Há diversos roteiros que incluem degustação de vinhos, além da possibilidade de conhecer os parreirais e visitar as instalações das empresas que produzem alguns dos vinhos mais famosos do Brasil (como a Aurora, a Miolo e a Casa Valduga).

Chegando ao sudeste, a cidade de Monte Verde é a mais visitada na estação. Localizada na Serra da Mantiqueira, a cidade é um paraíso pra quem gosta de comer bem. Além da gastronomia mineira, há também restaurantes de comida italiana, alemã e os famosos fondues.

No Rio de Janeiro, o destaque é a cidade de Visconde de Mauá. Essa época é perfeita para caminhar, fazer trilhas e passear pelas vilas de Maringá, Mauá e Maromba. Além de saborear a gastronomia local e o seu famoso pinhão.