Você sabe o que é insolação?

Com certeza você já passou por essa situação, longas horas de exposição ao sol que acarretaram em sintomas de mal-estar e em casos mais graves podem levar ao desmaio. Apesar de parecer simples, muitas pessoas ainda não estão atentas aos riscos da insolação.

O primeiro passo é entender o que é a insolação, com base no blog do Ministério da Saúde a insolação é uma condição grave causada pelo excesso de exposição ao sol sem os devidos cuidados, normalmente em dias de calor intenso. É comum que casos de insolação sejam recorrentes quando a temperatura do corpo ultrapassa 40º C, pois a temperatura adequada do corpo humano é 36ºC.

A insolação está muito associada à climas secos e quentes, mas é possível que ocorra casos em ambientes úmidos também, isso irá depender de inúmeros fatores, como, por exemplo, o tipo de roupa que o indivíduo está usando em dias ensolarados. Durante os dias quentes, as roupas com tecidos leves são mais do que bem vindas.

Quando a temperatura corporal começa a subir rapidamente, o corpo começa a ter problemas no mecanismo de transpiração, fazendo com que o mesmo falhe e não consiga trazer ao corpo a sensação de bem-estar, com isso podem surgir dores de cabeça e cansaço exacerbado.

Outro grande problema da insolação, causado pelo aumento rápido da temperatura corporal, é a perda de água no corpo, com isso surge a desidratação. Sabendo disto, fica nítido que os sintomas da insolação levam a outros problemas de saúde, por isso precisa ser tratado rapidamente.

Desidratação

Você sabe o que é insolação?
Foto Ilustrativa – Andre Noboa

Quando nosso corpo começa a perder líquidos também perdemos sais minerais e líquidos importantes para o funcionamento e manutenção do nosso organismo. Com certeza você já ouviu falar que beber dois litros de água por dia é o mais indicado pelos especialistas, mas a verdade é que essa quantidade é apenas a média, algumas pessoas necessitam e menos ou mais líquido no corpo.

Apesar de ser fácil prevenir, a insolação em casos extremos pode levar à morte. O mais indicado é procurar ajuda assim que notar os sintomas, quanto mais os sintomas evoluírem mais grave será o problema e será necessário buscar ajuda médica, para que ele avalie o quanto a condição prejudicou a sua saúde.

Quais são as causas da insolação?

Como já mencionado anteriormente, a insolação é causada devido à exposição, por tempo excessivo, ao sol e ao calor. Normalmente, acontece em ambientes muito quentes ou em situações que colaborem para o aumento, em uma velocidade exagerada, da temperatura corporal, como:

  • Usar roupas quentes em dias ensolarados;
  • Exposição solar após praticar atividades físicas em condições de esgotamento físico;
  • Uso inadequado ou falta de protetor solar;
  • Longa jornada de trabalho exposto ao sol;
  • Muitas horas sem tomar líquidos.

 

Durante o dia a dia, existem horários específicos onde a radiação solar é muito mais forte e pode causar sérios problemas de saúde, como a própria insolação, queimaduras e até mesmo câncer de pele. Especialistas recomendam que as pessoas evitem a exposição solar por longos períodos em horários entre 12h00 e 16h00.

Quais são os sintomas da insolação?

Os sintomas da insolação aparecem gradativamente, por isso é tão importante ficar atento a eles, até mesmo aqueles que apresentam poucos riscos à saúde. Confira abaixo alguns dos principais sintomas da insolação:

 

  • Sintomas mais simples da insolação: Dores de cabeça, tontura, náuseas, vômito, fadiga, pele avermelhada, desidratação, aumento da temperatura corporal, aumento da frequência cardíaca e mal-estar.
  • Sintomas mais graves da insolação: Confusão mental, fraqueza muscular, distúrbios visuais, desmaio, dificuldades para respirar, hematomas, convulsão e danos cerebrais.

 

Assim como diversas outras doenças a insolação também tem níveis e podem ser mais  simples ou mais graves, para obter um diagnóstico assertivo somente procurando a opinião de um especialista, entretanto, quando os sintomas apresentados são mais simples é possível melhorar seguindo algumas dicas muito simples, continue neste artigo para descobrir quais são.

Fatores de riscos da insolação

A insolação apresenta grandes riscos para alguns grupos de pessoas, como as crianças e os idosos, por isso é necessário cuidado redobrado durante a exposição solar. No caso das crianças, os pais precisam se manter atentos à temperatura corporal, em especial dos bebês. Além disso, é de suma importância aplicar um protetor solar adequado para a idade da criança.

Todavia, esses não são os únicos grupos vulneráveis a insolação, também apresentam riscos  pessoas com doenças crônicas, como câncer, diabetes e hipertensão. Pessoas com imunidade baixa devem redobrar o cuidado com a insolação, já que o problema de saúde pode provocar efeitos colaterais graves neste grupo de risco.

Você sabe o que é insolação?
Foto ilustrativa – crédito Leo Rivas

Como tratar a insolação?

Ao notar os primeiros sintomas de insolação é necessário que as providências sejam tomadas rapidamente, para que as chances de evolução desses sintomas sejam menores, uma das principais maneiras de amenizar os sintomas da insolação é por meio da hidratação corporal, isto é, beba bastante líquido!

 Outras medidas simples também trazem grandes resultados, se por ventura você sofrer de insolação em locais públicos, procure um local com sombra para descansar e faça exercícios para equilibrar a respiração, com isso a frequência cardíaca deve normalizar automaticamente. Não se esqueça, caso os sintomas persistam procure imediatamente um médico.

Em casos graves de insolação, se não tratada adequadamente, o indivíduo pode desenvolver complicações em órgãos vitais, como o cérebro. Em situações extremas, pode levar ao coma ou até mesmo a morte. Por conta disso, os primeiros socorros são de extrema importância, por meio deles complicações futuras podem ser evitadas.

Você sabe o que é insolação?
Foto Ilustrativa – da internet

Entretanto, há várias outras formas de evitar a insolação, como, por exemplo:

  • Beber bastante líquido diariamente;
  • Utilizar protetor solar regularmente;
  • Evitar exposição solar em horários de alta radiação solar;
  • Se possível, utilizar boné e/ou óculos de sol com proteção UV;
  • Dar preferência a roupas leves durante os dias quentes;
  • Nas praias, reaplicar protetor solar de 2 em 2 horas.

Agora você está preparado para sair ao sol e se manter saudável!

 

Confira outras dicas de saúde e novidades no blog da Compare Seguros, corretora de planos de saúde empresariais e individuais com mais de 12 anos de expertise.

Facebook.com/compareseguros
Instagram: @comparesegurosoficial

Você sabe o que é insolação?
Mais notícias