Esquadrão de Campo Grande fará transporte em caso de coronavírus com repatriados

O Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV) da Força Aérea Brasileira (FAB) localizado em Campo Grande está a postos para fazer o transporte caso algum dos 33 brasileiros repatriados da China, apresente sintomas do coronavírus.

A aeronave H-60L Black Hawk, do Esquadrão Pelicano da FAB (Força Aérea Brasileira), localizado em Campo Grande, participou da Operação Regresso à Pátria Amada Brasil e realizou o primeiro voo de reconhecimento na tarde da última sexta-feira (07), por volta das 16h15, em Brasília (DF).

De acordo com a FAB, o helicóptero fará o transporte dos brasileiros que estão em quarentena da Base Aérea de Anápolis ao Hospital das Forças Armadas, na Capital Federal, caso algum deles ter o quadro clínico agravado.

O hospital fica na chamada área vermelha, onde o paciente receberá o atendimento adequado, seguindo os protocolos preconizados.

Segundo o Comandante do Esquadrão Pelicano, Tenente-Coronel Aviador Leonardo Machado Guimarães, o voo de reconhecimento permite que a tripulação se familiarize com o heliponto do hospital, além de tomar conhecimento dos principais obstáculos na área. “As tripulações do Esquadrão Pelicano são capacitadas para atuarem em missões de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear. A partir deste sábado, as equipes estarão prontas para atenderem qualquer paciente que apresente os sintomas da doença e que precise ser transportados até o HFA”, explicou.