Publicidade

Santa Casa acompanha segunda captação de órgãos do ano em Dourados

Na noite desta quarta-feira (30) até a manhã desta quinta-feira (31) a equipe da OPO (Organização de Procura de Órgãos) da Santa Casa de Campo Grande realizou o segundo acompanhamento externo deste ano. O Hospital da Vida, em Dourados, sediou a captação de fígado, rins e córneas do homem de 37 anos que evoluiu para morte encefálica após um grave AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O fígado doado foi captado pela equipe de Brasília e levado com o apoio da Aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB). Um dos rins do doador foi encaminhado para São Paulo por meio de voo comercial e o outro foi trazido para a Santa Casa e transplantado em uma paciente na tarde desta quinta-feira (31). A equipe responsável pela extração dos rins foi o médico urologista, Dr. Waldemar Abe e o residente em urologia, Dr. Antônio Deotti.

O responsável pelo acompanhamento de todo o processo foi enfermeiro responsável da OPO, Rodrigo Gomes. A equipe da Santa Casa contou com a ajuda da Coordenadoria de Transporte Aéreo da Casa de Aviação de Mato Grosso do Sul para o transporte em tempo hábil de captação dos órgãos de Campo Grande até Dourados.

Terceira captação do ano

Na última terça-feira (29) a Santa Casa de Campo Grande sediou a terceira captação de órgãos no hospital, neste ano. A doadora de 53 anos que evoluiu para morte encefálica doou múltiplos órgãos ajudando na qualidade de vida de outras cinco pessoas. A equipe de Brasília veio até o hospital para captar e levar o fígado doado e um dos rins da paciente, o outro permaneceu para transplante no mesmo dia pela equipe de urologia e nefrologia.

Mais notícias