Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

As PANCs, plantas alimentícias não convencionais, estão em voga, tem cara de novidade, mas elas já foram muito consumidas no passado. Elas nascem espontaneamente nos nossos quintais e calçadas e são logo arrancadas, pois são consideradas como mato. Mas algumas delas são comestíveis e com valor nutricional mais significativo do que algumas verduras que estamos acostumados a comprar.

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivasA engenheira agrônoma Karla Nadai conta que muitas espécies de vegetais, hoje consideradas ervas daninhas ou simplesmente mato, já foram muito consumidas no passado, mas através das gerações, foi-se perdendo o hábito.

“Hoje vem acontecendo um resgate, tanto no plantio, como no consumo e preparos. Também vem de uma onda de alguns chefs de cozinha que começaram a enaltecer, divulgar e usar essas plantas que tem sabor e valor nutricional”, disse Karla ao MidiaMAIS.

Segundo Karla, as PANCs oferecem uma fuga à rotina da alface e tomate. “O valor nutricional da alface nem se compara ao valor de uma PANC”, exemplifica. Destes vegetais, podem ser utilizados folhas, raízes e até flores. 

As plantas alimentícias não convencionais são espontâneas e diversificadas. Isto quer dizer que elas nascem sem necessidade de cultivo e cuidado em qualquer lugar. Isso acontece porque elas estão totalmente adaptadas ao clima e ao solo e se propagam facilmente. Além disso, elas brotam em meio a outras PANCs, o que traz um benefício para elas próprias.

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas“As PANCs são espontâneas, são diversificadas. Não tem como plantar só uma, elas vão nascendo diversificadas. Não vai ter uma doença específica, não vai ter praga específica. Na natureza uma praga controla a outra. Um exemplo disso é a joaninha que come cochonilha. Uma planta atrai a joaninha, outra atrai a cochonilha, então nem vou perceber a infestação, porque a própria natureza está se controlando”, explica.

É diferente com a monocultura, que vai atrair pragas e doenças apenas do vegetal plantado e vai obrigar o uso de agrotóxicos e adubos para que a plantação vingue. As PANCs são mais saudáveis “não só pelo valor nutricional, mas pelo próprio cultivo”.

As PANCs podem ser consumidas frescas ou preparadas em refogados ou farofas. O importante é saber identificar as espécies corretamente. A engenheira ajuda na identificação através do Facebook e Instagram.

Confira as – plantas alimentícias não convencionais – mais comuns no cerrado.

Dente de Leão

Uma das PANCs mais comuns e conhecidas é o Dente de Leão. | Foto: Jonny Lindner/Pixabay

Beldroega

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

Ora-pro-nobis

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

Caruru

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

Araruta

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

Peixinho

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

Taioba

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

Azedinha

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas

Serralha

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas


Fale MAIS!

O que você gostaria de ver no MidiaMAIS? Envie sua sugestão para o e-mail midiamais@midiamax.com.br, ou pelos telefones 67 99965-7898/3312-7422.

Siga a gente no Instagram: @midia_mais_

Mato? Não, PANCs! As Plantas Alimentícias Não Convencionais são altamente nutritivas
Mais notícias