Médicos da rede municipal optaram por plantão Cinderela, diz Marquinhos

Plantão reduzido começa a funcionar nesta segunda

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, afirmou, nesta segunda-feira (21), que foram os médicos que optaram pelo chamado ‘plantão Cinderela’, como é conhecido o plantão com horário e número de médicos reduzidos nas unidades de saúde durante a madrugada. O esquema começa a funcionar hoje (21).

“Os médicos fizeram uma proposta. A prefeitura fez uma contraproposta. Aí os médicos enviaram uma terceira proposta. Nessa terceira proposta é que nasceu a história do plantão ‘Cinderela’. O que eles disseram: ‘ao invés de o senhor cortar todos, por que o senhor não diminui a quantidade de profissionais a partir de um determinado horário’. E nós fomos colhendo a opinião deles. Eles disseram: ‘não precisa ter 12 médicos de 1h às 7h da manhã (…) porque diminui bastante o número de atendimento’. O que acontecia é que eles se revezavam e não ficam o tempo todo os 12 instalados. Nós cortamos 50% e foi o número oferecido por eles. E readaptamos essa economia em outros ganhos que eles obtiveram”, disse.

Marquinhos disse ainda acreditar que o novo esquema irá funcionar porque, de acordo com as estatísticas, na madrugada o número de pacientes cai bastante.

Mais notícias