7 pratos típicos na gastronomia de Mato Grosso do Sul que você precisa provar

São delícias para todos os gostos

Muito além do arroz carreteiro, da sopa paraguaia e do sobá dos japoneses na Feira Central, Mato Grosso do Sul possui em sua história uma culinária muito rica e cheia de heranças das fronteiras com as quais dividimos nosso território. Muitos pratos são pouco conhecidos do grande público, e podem ser facilmente preparados em casa, na ausência de restaurantes mais regionais. Alguns pratos são encontrados em casas especializadas em todo o Estado. O importante é que a base da gastronomia sul-mato-grossense encontra diversos ingredientes nutritivos e interessantes. 

Dos miúdos do sarravulho à banana da terra amplamente utilizada no arroz boliviano, passando pela bocaiúva no doce e pelos elementos do quebra torto, o café da manhã do pantaneiro, os pratos representam a nossa história antiga e se fazem presentes em nosso gosto por esses elementos. Por isso, o MidiaMAIS prepara uma lista de pratos que, caso você não conheça, valem muito a pena provar. Confira. 

1. Arroz boliviano

Ovo, batata, carne e banana se misturam na criação dos sabores / Foto: JD Turismo/Divulgação

 

Para além do bom e velho arroz carreteiro, o arroz boliviano, herdado dos nossos vizinhos e muito consumido em Corumbá, traz uma riqueza de sabores com um preço de preparo muito em conta. Esse prato leva carne moída, ovo cozido, batata, ervilha, entre outros ingredientes, mas seu detalhe mais rico é a inclusão da banana da terra, adocicada e madura para despertar o paladar. 

2. Pintado à urucum

Peixe é empanado e molho avermelhado leva leite de côco / Foto: Divulgação

 

O urucum é uma semente que, de coloração vermelha, consegue colorir qualquer prato. Esse prato foi criado no Pantanal há mais de 40 anos e agrega o filé de pintado, um peixe muito "nosso", e é apreciado também na região de Corumbá e Ladário. Os filés são empanados no trigo, fritos, e servidos em um molho à base de urucum, leite de côco e tomates, com queijo para gratinar. 

3. Quebra torto

 essa é a primeira refeição do dia de um pantaneiro / Foto: Divulgação

 

Esse na verdade não é um prato e sim uma refeição inteira. Quem nunca comeu um quebra torto não sabe o que está perdendo. O quebra torto nada mais é que a refeição do homem pantaneiro, comum nas fazendas de Mato Grosso do Sul. Sua base é o arroz carreteiro, ovos, peixe frito, sopa paraguaia, farofa, pão caseiro e conservas. É consumido logo que o sol nasce no horizonte. 

4. Sarravulho

Sarravulho é um cozido de carnes e miúdos / Foto: Divulgação

 

O sarravulho nada mais é do que um cozido de miúdos com pimentão, que picados em pedaços pequenos, cozinham num caldo de sabores e temperos. Dentro do sarravulho você encontra fígado, rins de boi, um coração inteiro, calabresa, bacon e outros. É uma mistura de carne para quem tem um paladar apurado e não tem medo de provar coisas novas. 

5. Quibebe de mandioca

A mandioca já cozida é a base do quibebe / Foto: Cozinha de MS/Divulgação

 

O termo 'quibebe' batiza outros pratos, alguns até doces, mas o quibebe de mandioca sul-mato-grossense é um cozido de carne assada (geralmente oriunda de algum churrasco realizado na véspera) com a mandioca também cozida. Juntos em uma caçarola, recebem água morna no cozimento e ervas como cebolinha e salsa. A mistura vira um cozido delicioso com a textura da mandioca, que amolece. 

6. Saltenha

Na Capital, a saltenha é encontrada em diversos locais e é muito popular / Foto: Divulgação

 

A saltenha é um salgado apreciado por sua história junto à cultura boliviana. Seu recheio pode ser de carne, frango ou porco, mas o grande diferencial da saltenha é a batata picada em meio ao recheio e seu formato se assemelha às empanadas argentinas. Foi em Corumbá que foi fundada a primeira saltenharia do Brasil no ano de 1978.

7. Sorvete de bocaiúva​

Fruta dá origem a um sorvete muito saboroso / Foto: Divulgação

 

A bocaiúva ou macaúba é um fruto do cerrado que possui um sabor muito peculiar, doce e sedoso na boca. Seu sorvete é de um sabor intenso e que agrada a vários paladares, levando também um toque de hortelã e mel. 

Fale com o MAIS!

O que você gostaria de ler no MidiaMAIS? Envie um e-mail pra gente com a sua sugestão para midiamais@midiamax.com.br.

7 pratos típicos na gastronomia de Mato Grosso do Sul que você precisa provar
Mais notícias