Com sustento prejudicado, indígenas recebem cestas básicas em MS

Pequenos produtores indígenas tiveram prejuízos com a crise causada pela pandemia do coronavírus

A Funai (Fundação Nacional do Índio) irá distribuir 2.600 cestas básicas a famílias indígenas de sete cidades de . A ação é realizada em parceria com a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e (Comando Militar do Oeste) – na entrega.

Nesta segunda-feira (29), militares do Exército e equipes da realizam a entrega dos alimentos a indígenas de três comunidades em Miranda – que somam cerca de 8 mil indígenas.

A doação chega em momento difícil para os indígenas que tem como principal fonte de sobrevivência a agricultura, que ficou prejudicada com os efeitos da pandemia do coronavírus (). “Veio numa boa hora. Vários fatores nos deixaram de mãos atadas, pequenos agricultores não estão conseguindo vender”, declarou o cacique Aldenir Júlio Filho, da Aldeia Babaçu, localizada na Cachoeirinha.

A ação já contemplou, na semana passada, aldeias em Aquidauana e Dois Irmãos do Buriti. Ainda devem receber as cestas indígenas de Sidrolândia, Nioaque, Bonito (Kadiwéu) e Corumbá (Guatós).

Com sustento prejudicado, indígenas recebem cestas básicas em MS
Mais notícias