Na Argentina: Projetos de MS estão na Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires

Três obras do escritório Gil Carlos de Camillo Arquitetura fazem parte da Bienal.

Desde 1985, a capital argentina é anfitriã de uma das maiores celebrações da cultura arquitetônica internacional. A pioneira das bienais e uma das mais conceituadas na América Latina, a XVII Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires, três obras de Mato Grosso do Sul representarão o Estado. O evento começou nesta quarta-feira (15) e segue até o dia 26 de outubro, em Buenos Aires.

Sebrae Bonito (foto: Erich Sacco

São elas, o prédio do Sebrae de Bonito, o prédio do Centro de Inovação do Sesi, na avenida Afonso Pena e o prédio da Central de Atendimento ao Cidadão. As obras são assinadas pelo escritório Gil Carlos de Camillo Arquitetura. Este ano, os curadores da Bienal decidiram convidar também arquitetos com projetos em outros estados, fora do tradicional eixo Rio-São Paulo.

Gil foi convidado por um dos co-fundadores e curadores do evento, Vicente Wissenbach. “A curadoria escolheu o Sebrae de Bonito e me pediram mais duas obras. Decidi pela Central de Atendimento ao Cidadão e o Centro de Inovação do Sesi, por que são prédios que se relacionam em sua linguagem e conceito arquitetônico”, detalha.

Para Gil, ser reconhecido é muito gratificante. “Estou fazendo 30 anos de carreira e participar de mais uma exposição internacional vem como um presente. Dá uma boa visibilidade, o trabalho tem um alcance maior, abre perspectivas para outras exposições e outras oportunidades profissionais, além de divulgar a arquitetura sul-mato-grossense, que é muito boa”, pontua.

Centro de Inovação do Sesi (Foto: Fellipe Lima)

Carreira

Gil Carlos de Camillo é natural de São Paulo (SP). Formou-se pela FAU-USP em 1989 e transferiu-se para Campo Grande em 1990. Trabalhou com Rubens Gil de Camillo e montou seu escritório próprio em 1993. Elabora projetos para os segmentos residencial, corporativo, institucional e urbanístico.

Entre seus principais projetos destacam-se a sede do Sebrae, em Bonito; a Casa Domingos e a Clínica Parizotto, vencedores do prêmio O Melhor da Arquitetura, edições 2010 e 2012, respectivamente;  o Fórum Eleitoral de Campo Grande, classificado para a 5ª edição da Bienal Libero-Americana de Arquitetura e Urbanismo de 2006; o edifício da Prefeitura Municipal de Campo Grande; a sede do Senar-Famasul, projeto vencedor do concurso público em 1995; e os projetos urbanísticos da Orla Ferroviária de Campo Grande e da Orla Fluvial de Corumbá.

Conheça mais sobre o trabalho através do site www.decamillo.com.br ou pelo Instagram @gildecamillo.arq.