Gafe processual

Ao tentar juntar argumentos para pedido do cliente, escritório acabou usando material probatório ao qual teve acesso, mas que não foi ainda compartilhado em âmbito estadual. Assim que o deslize foi percebido, houve correria para consertar a gafe jurídica e desculpa esfarrapada implicando estagiário. Torcida agora é para que a história cole e a situação não se complique para o cliente…
Mais notícias