Com cuidado e higiene total, ateliê de costuras produz máscaras para pegar e já usar

Máscaras produzidas são higienizadas e esterilizadas com produtos ideais para sua proteção.

Há 16 anos no mercado de Campo Grande, atuando na área de costura, reparos, produção de roupas e afins, o Ateliê da Elza Costureira hoje atende como prioridade a produção de máscaras para prevenção do contágio do novo coronavírus. Preocupadas com o nível de proteção de seus produtos e foco na higiene, os cuidados de finalização de cada peça são primordiais.

“Quando iniciou a pandemia não tínhamos intenção de fazer máscaras. Uma vizinha minha pediu para que eu a levasse no posto porque estava passando mal e, como estudante de enfermagem,  fiz uma máscara porque eu já sabia da importância dela”, conta Genicleia Almeida, filha de Elza e sócia do ateliê. Com a encomenda de uma amiga para mais 40 máscaras, assim começou a produção do produto para comercialização.

Com cuidado e higiene total, ateliê de costuras produz máscaras para pegar e já usar
Cada máscara é comercializada a R$ 10,00 (foto: acervo pessoal)

No bairro Nova Lima, em Campo Grande, na linha de produção estão mãe e filha com as mãos na massa. Costureira há mais de 40 anos, dona Elza agora tem o desafio de fazer peças que podem salvar vidas e Cleia, sua filha, cuidar para que este material seja o mais seguro e eficaz possível.

“Como acadêmica na área da saúde, antes de iniciar a produção eu já conversei com minha mãe e sócia: ‘vamos fazer o que realmente proteja, estas máscaras vendidas sem ser embaladas e sem ser esterilizadas para mim não servem, então para o meu próximo também não'”, enfatiza.

Para esterilização das máscaras, são usados produtos de alta atuação, como o Limax 420 e o álcool hospitalar 90. O processo de fabricação é assim: primeiro são confeccionadas as máscaras; depois lavadas com sabão neutro e deixadas de molho no Limax por 2 horas. Depois elas são secadas, centrifugadas,  esterilizadas com álcool e, enfim, embaladas. Mas ó, apenas o uso da máscara não basta! Mantenha sempre limpas as mãos, evite contatos físicos e aglomerações, manuseie a máscara com atenção e use sempre álcool em gel.

Com cuidado e higiene total, ateliê de costuras produz máscaras para pegar e já usar
Processo de fabricação, esterilização, higienização, até embalar (fotos: divulgação)

Devido a todos esses processos, as máscaras são feitas por encomenda. Para falar com o Ateliê da Elza Costureira, entre em contato pelos telefones: (067) 99634-6373 ou (67) 99605-4750, procure por Elza ou Cleia. Aceita cartões de crédito e débito. O espaço está localizado na Rua Zulmira Borba, 1881 – Residencial Nova Silvestre, 03, casa 184.

Encomende suas máscaras, proteja os seus, sua equipe e a quem você ama com um material seguro e confiável, feito com todo cuidado por quem ama o que faz.

Use a máscara corretamente:

Com cuidado e higiene total, ateliê de costuras produz máscaras para pegar e já usar

Com cuidado e higiene total, ateliê de costuras produz máscaras para pegar e já usar
Mais notícias