UM NOVO CONCEITO SOBRE MORAR BEM EM CAMPO GRANDE.

Campo Grande se destaca pelas ruas arborizadas e pela abundância de árvores e animais silvestres que sempre se fazem presentes nos mais variados locais. O encantamento e o carinho pela natureza norteiam o gosto e as escolhas de quem vive aqui. Não é à toa que a cidade recebeu, este ano, o Prêmio Nacional em Gestão Ambiental pela Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA), em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e está entre as sete melhores capitais para se viver, conforme estudo “Desafios da Gestão Municipal”, divulgado pela consultoria Macroplan.

Foto: Divulgação

Aliando todos esses conceitos que já fazem parte da cultura sul-mato-grossense, a HVM Incorporadora aposta em empreendimentos que também têm no cerne o valor do respeito ao ambiente e à sustentabilidade. O Edifício Três Meia – Zero Jardim dos Estados, lançado mês passado, traz diferenciais que atestam a responsabilidade ambiental.

Localizado em região privilegiada, bem no centro de Campo Grande, com plantas abertas nas opções que vão de 42m² a 130m² e que podem ser personalizadas conforme o estilo de vida do morador, o empreendimento está em processo de obtenção do selo Aqua-HQE, uma certificação internacional da construção sustentável desenvolvido a partir da certificação francesa Démarche HQE (Haute Qualité Environnementale). Segundo o diretor executivo Rodolfo Luiz Holsback, “A certificação HQE propõe um novo olhar para a sustentabilidade nas construções”.

Foto: Divulgação

O prazer da contemplação também está presente no Três Meia Zero, localizado na Rua da Paz, bairro Jardim dos Estados é o primeiro edifício que oferta aos moradores a vista panorâmica via Rooftop 360° em seu ponto mais alto, que contará com 21 andares.

“Outro conceito que trouxemos para nosso empreendimento foi o da fachada dinâmica onde, por meio de brizes estrategicamente posicionados na fachada oeste (poente), pode-se controlar entrada da luz natural. As fachadas dinâmicas são alternativas eficazes para conforto térmico e visual, utilizada em projetos em todo o mundo. É uma tendência quando se fala em conforto, economia e sustentabilidade”, explica.

Foto: Divulgação

O conforto para os moradores das 66 unidades oferecidas pode ser observado, ainda com a disposição das fachadas ventiladas, um sistema construtivo composto por duas faces, onde uma é a alvenaria e estrutura da edificação e a outra é o revestimento fixado em uma armação de alumínio ou de aço inoxidável, dispostas de tal forma que o ar flui entre as faces. “Ela permite a ventilação e diminui a incidência direta do sol na edificação. É considerada uma solução construtiva sustentável que alia inovação e eficiência energética auxiliando na melhoria do conforto térmico”, conta Rodolfo Luiz Holsback. A fachada ventilada foi estrategicamente projetada na fachada norte do Três Meia Zero onde se tem maior incidência solar, para o melhor conforto térmico das unidades.

Conforme explica o diretor, o Edifício Três Meia Zero foi concebido com soluções tecnológicas que proporcionam sustentabilidade, conforto e valorização do paisagismo, além de trazer uma comodidade para o morador por meio de uma ampla área de convivência, “com Sky Gourmet, Sky Lounge e ClubHouse, ambientes gastronômicos e social que valorizam o encontro, a família, os momentos em grupo. Um conceito de prazer e sustentabilidade”.

Foto: Divulgação

Quer saber mais sobre o empreendimento? Conheça a Central de Decorados HVM Incorporadora na Rua Prof. Luís Alexandre de Oliveira (Via Park), 415. Vivenda do Bosque.

HVM Incorporadora hvm.com.br | (67) 3378-3400 | (67) 99809-9659

Mais notícias