Publicidade

SiSU tem prazo de inscrição prorrogado, após candidatos relatarem falhas no site

MEC alterou também o sistema de divulgação de notas de corte, que passará a ser como no ano anterior

Após inúmeras falhas e dificuldades dos candidatos acessarem ao site do SISU. O Ministério da Educação anunciou que as inscrições foram prorrogadas até às 23h59 de domingo (27). Além dessa mudança, em nota o MEC informou que “ as atualizações das notas de corte só serão realizadas à zero hora desta sexta-feira, dia 25, de sábado, dia 26, e de domingo, dia 27”.

Os candidatos às 235 mil vagas ofertadas no Sistema de Seleção Unificada (SiSU 2019) identificaram problemas de lentidão no site que estavam dificultando – e até mesmo impedindo – a realização das inscrições. Os problemas têm acontecido desde a abertura das inscrições, na terça-feira (22).

Relatos como a estudante Thaynara Carla vem sendo publicados no Instagram do Ministério da Educação (MEC). “Estou tentando desde o primeiro dia e nada. Tem gente morando no site do SiSU. Tenho que acordar às 5h da manhã e estou acordada até agora tentando fazer minha inscrição. Pelo amor de Deus”, apela a estudante.

A nota oficial emitida pelo órgão para justificar a lentidão justificava que “a instabilidade foi causada por um grande volume de acessos espontâneos na rede do MEC. O sistema, que nas edições anteriores, recebia de 25 a 30 mil acessos simultâneos, registrou hoje picos de até 350 mil acessos simultâneos”.

Diante da não resolução do problema, várias contas subiram a hashtag #SisuForadoAr no Twitter e o tópico esteve entre os mais comentados nacionalmente. Foram relatadas também falhas de segurança e as notas de diversos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foram visualizadas por outros estudantes que tentavam realizar a sua própria inscrição.

O caso foi exposto pelo perfil de Laura Lineia (@lineialaura) como resposta a uma das postagens do MEC na rede social. “Olá! Venho reportar algo muito grave que aconteceu há pouco. Entrei no site do SISU para ver a nota de corte das 21h e, sem ter logado sequer com os meus próprios dados, a página que abriu foi de outra pessoa. Qual é a explicação???”, questiona.

Esta não é a primeira vez que se inscreve na seleção e relata que nunca vivenciou situação parecida nas outras edições. “Tive experiência com o processo em 2014 e 2015. Pelo menos na época nunca ficou tão ruim assim. Aliás, não chegava nem perto dessa situação caótica”, complementa, em resposta a outro usuário que também relatou problemas.

 

Agência Educa Mais Brasil

Mais notícias