Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Estudar pode ficar mais em conta

Conheça projetos que ajudam jovens com oferta de cursinhos mais acessíveis

Na hora de se preparar para as provas do Enem ou Vestibular, muitos estudantes se deparam com as mensalidades altas dos cursos de pré-vestibular. Por isso, inciativas de cursinhos comunitários ou aqueles com preços mais acessíveis estão sendo alternativa para muitos jovens que precisam se preparar para a maratona de provas. 

Iniciativas sociais como o cursinho do Instituto Cultural Steve Biko buscam dar suporte a jovens nos estudos e oferecem um bom serviço comunitário. A iniciativa de criar o primeiro curso Pré-Vestibular voltado para negros no Brasil foi de professores e estudantes que sentiam na pele as desigualdades raciais. O pré-vestibular Steve Biko oferece todas as disciplinas exigidas nos exames de vestibulares, além da matéria da Cidadania e Consciência Negra – CCN, que trabalha em sala de aula a autoestima e as lutas do negro no combate ao racismo.

“Procurei um cursinho que fosse acessível, só que é muito difícil. Foi então que eu conheci o Steve Biko, uma oportunidade e um recorte de aprendizado na minha realidade. Entrei no projeto não só para conquistar um lugar na Universidade, mas para mudar a realidade da Universidade. A partir do momento que eu subo a escada da Biko, eu levo nas costas pessoas que não puderam subir, que não puderam estar estudando” defende a engajada estudante Lislia Ludmila Santos.

O projeto, que recebeu o Prêmio Nacional de Direitos Humanos, em 1999, já beneficiou mais de 2 mil jovens e, a cada semestre, em média, 70 novos estudantes negros ganham nova oportunidade de se preparar para as provas das Universidades e Enem.

A diretora-executiva do Instituto Steve Biko, Jucy Silva, ressalta que o projeto tem modificado a vida das pessoas, sejam estudantes, professores ou colaboradores. “Acredito que todos que passam aqui tem uma emoção diferente para lembrar, uma história para contar. Faz jus aos ensinamentos de Bantu Steve Biko, quando ele diz que devemos juntar forças e agir como um grupo em torno de uma causa. Mudamos vidas e construímos novos sonhos”.

Outra inciativa para quem precisa de alternativas de estudo a preços mais em conta é o Super Pré. O cursinho nasceu da união de 42 professores que disponibilizaram parte do seu bem mais precioso – seu tempo – para oferecer aulas de qualidade para uma população que carece deste serviço.

 “Sonhávamos em oferecer ensino de qualidade aos estudantes que não tinham acesso aos caríssimos cursos que geralmente são voltados para as classes A e B. O Super Pré conta com excelentes professores, material didático e valores realistas. O investimento é acessível para todos. O projeto ainda tem a parceria com o Educa Mais Brasil que facilita ainda mais o acesso dos estudantes ao projeto ”, afirma um dos professores do grupo, Ricardo Carvalho.

O projeto tem abrangência nos bairros de Valéria, Stella Maris, São Rafael, respectivamente nos colégios Atlantis, Ômega e São Rafael. A iniciativa se torna mais econômica por aproveitar o espaço de escolas parceiras. O investimento dos alunos, que pode ser quatro vezes menor que o dos cursinhos mais concorridos da cidade, cobre despesas com o material didático e a remuneração de uma equipe pedagógica preparada para atuar com este público.

“O Super Pré funciona como um produto, que implementamos no colégio. Aproveitamos o espaço físico das escolas e investimos na excelência da equipe de ensino. Então, os custos com a parte física são reduzidos e assim podemos oferecer mensalidades mais em conta com bons professores”, acrescenta o sócio do Super Pré, Caio Alcantara. 

Para os estudantes que não tem condições de pagar o curso total, o cursinho oferece bolsas integrais, por meio de análise de currículos levando em consideração o bom histórico escolar.

 

Mais um incentivo à Educação

A mensalidade do Super Pré pode ficar ainda mais em conta para estudantes que sejam contemplados com uma bolsa de estudo do Educa Mais Brasil. Além do Super Pré, o programa tem parceria com centenas de pré-vestibulares e pré-Enem em todo o país. As bolsas de estudo podem chegar a 70% de desconto nas mensalidades. E o melhor: é possível ingressar na faculdade contando também com o benefício. Ao todo, são 18 mil instituições parcerias. Para mais informações clicar aqui, acesse o site oficial que tem parceria com o Correio da Bahia e aproveite as oportunidades.

 

Vanessa Casaes – Ascom Educa Mais Brasil

Você pode gostar também