Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Cresce o número de universitários acima dos 50 anos

Universidade também é lugar para turma dos cinquentões. É isso que mostra os dados do Censo de Educação Superior 2017, realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). De acordo com o Censo, em sete anos, o número de universitários com 50 anos ou mais cresceu 73,6%.

Muitos desses alunos já se aposentaram e, por isso, a preocupação maior é com o conhecimento adquirido e o convívio social. E é com esse intuito que Roserval Du Carmo, de 51 anos, está em sua quarta formação. “Não me sinto um exemplo, mas sou ávido por conhecimento”. Com diploma em Contabilidade, Processamento de Dados e Publicidade e Propaganda, Roserval cursa agora Jornalismo. “Sempre quis cursar essa área, tenho afinidade com a escrita e procuro aguçar a minha capacidade analítica”, assegurou.

Mesmo com tantas formações, Roserval ainda se sente um aprendiz. “Aproveito a experiência que tenho, para me ajudar e ajudar aos meus colegas”, conclui o estudante que é um entusiasta da educação. “Para mim, conhecimento é o único meio que te leva aonde você quiser ir. Uma pessoa que tem alguma formação, dificilmente passa aperto, fome e é ludibriada. Educação é a ferramenta que transforma o ser e a sociedade”.

Vários fatores contribuem para que quem já passou dos cinquenta tome coragem para encarar os desafios e realizar o sonho do diploma. As bolsas ofertadas pelo Educa Mais Brasil, por exemplo, beneficiam pessoas de todas as idade. Interessados podem acessar o site do Educa e conferir todas as oportunidades disponíveis. Você pode encontrar desconto de até 70% para graduação ou optar por uma vaga EJA – Educação para Jovens e Adultos.

Fonte: Bárbara Maria – Agência Educa Mais Brasil

 

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...