Sefaz-MS abre nova seleção de consultorias para atuar no Profisco II

Governo tem financiamento de US$ 47,7 milhões para o programa

A (Secretaria de Estado de Fazenda de ) lançou  mais um convite de manifestação de interesse para atuar no Profisco II (Projeto de Modernização da Gestão Fiscal do Estado), a fim de selecionar uma empresa de consultoria. A publicação está na edição desta terça-feira (13) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

O contrato será de 12 meses e prevê:

  • diagnóstico completo do atual modelo de gestão das compras do poder executivo estadual de , contemplando a estrutura organizacional, as ferramentas de governança, a avaliação dos processos ponta a ponta, a avaliação do planejamento anual de compras e a integração ao orçamento estadual, a avaliação da gestão das atas de registro de preços e os sistemas informatizados; 
  • a proposição de novo modelo, contemplando uma estrutura organizacional ágil, a gestão estratégica de suprimentos (GES), o planejamento anual de compras, a maturidade digital, o centro de serviços compartilhados, as compras sustentáveis, o plano de desenvolvimento de equipes, a mensuração do desempenho, o compliance, a transparência e a otimização da gestão de atas de registro de preços; 
  • o suporte na implantação do novo modelo.

Para participar, as firmas devem apresentar documentos que comprovem sua capacidade de prestar esse serviço. As empresas podem ainda se juntar na forma de joint venture ou por meio de subcontrato.

Informações podem ser obtidas pessoalmente na sede da , localizada na Rua Delegado José Alfredo Hardman, s/n, no bloco 6 do Parque dos Poderes Governador Pedro Pedrossian. Também é possível saber mais detalhes por e-mail (profiscoms@fazenda.ms.gov.br), pelo site do programa ou pelo telefone (67)  3318-1444.

As propostas podem ser enviadas por e-mail ou via Correios, endereçadas à Maluceli Bitencourt Machado Guenka, assessora de aquisições do Profisco. O CEP é 79037-106.

O programa tem investimento de US$ 47,7 milhões do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e pretende profissionalizar a gestão fazendária do Estado, com a modernização da administração tributária e melhoria da gestão do gasto público. O Estado recebeu financiamento do (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para executar o Profisco.

Sefaz-MS abre nova seleção de consultorias para atuar no Profisco II
Mais notícias