Política / Transparência

Reunião com MP na Santa Casa discute novo destino a R$ 22,8 milhões 

Reunião marcada para as 15h desta quarta-feira (24) na Santa Casa de Campo Grande irá discutir as possibilidades de aplicação da verba de R$ 22,8 milhões, destinados ao hospital pelo Ministério da Saúde em 30 de dezembro do ano passado. O repasse foi tema de reunião no Ministério, em Brasília (DF), na terça-feira (23), com […]

Danúbia Burema Publicado em 24/02/2021, às 10h15 - Atualizado às 10h56

(Foto: Divulgação/Santa Casa)
(Foto: Divulgação/Santa Casa) - (Foto: Divulgação/Santa Casa)

Reunião marcada para as 15h desta quarta-feira (24) na Santa Casa de Campo Grande irá discutir as possibilidades de aplicação da verba de R$ 22,8 milhões, destinados ao hospital pelo Ministério da Saúde em 30 de dezembro do ano passado. O repasse foi tema de reunião no Ministério, em Brasília (DF), na terça-feira (23), com a participação de equipe da prefeitura da Capital.

Publicado no DOU (Diário Oficial da União) de 30 de dezembro, o valor foi anunciado após pedido de R$ 7,6 milhões feito pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) no final de novembro. O montante deverá ser repassado via Estado e município em uma única parcela.  Contudo, o envio autorizado pelo ministro Eduardo Pazuello foi feito como incremento para a MAC (Média e Alta Complexidade), detalhou o secretário municipal de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto.

“Teria que ter aumento de produção da Santa Casa, a ideia seria ressarcimento de despesas, tem toda uma discussão sobre como vamos alterar o contrato”, explicou o secretário, que nesta manhã participa de audiência na Câmara Municipal, com a ‘Demonstração e avaliação do cumprimento das metas fiscais referentes ao 3º quadrimestre do exercício financeiro de 2020’.

Por conta do impasse em relação à verba federal, reunião foi marcada para tratar do assunto nesta tarde. A discussão contará com a participação do  MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

Jornal Midiamax