Política / Transparência

Prefeitura de Bonito faz aditivos em contratos milionários com postos de gasolina

Prefeitura de Bonito publicou três extratos de termos aditivos com um Auto Postos do município, na edição desta quarta-feira (24) do Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). Segundo um dos documento, o objetivo é o reequilíbrio econômico-financeiro do contrato com a empresa Auto Posto Miriam e José. O objeto […]

Fábio Oruê Publicado em 24/02/2021, às 17h42 - Atualizado às 17h59

Prefeitura Municipal de Bonito | Foto: Divulgação | Prefeitura Municipal de Bonito
Prefeitura Municipal de Bonito | Foto: Divulgação | Prefeitura Municipal de Bonito - Prefeitura Municipal de Bonito | Foto: Divulgação | Prefeitura Municipal de Bonito

Prefeitura de Bonito publicou três extratos de termos aditivos com um Auto Postos do município, na edição desta quarta-feira (24) do Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Segundo um dos documento, o objetivo é o reequilíbrio econômico-financeiro do contrato com a empresa Auto Posto Miriam e José. O objeto do processo é o registro de preços para aquisição de óleo diesel comum para atender a demanda do município.

Por conta do termo, passa o valor total contratado de R$ 4,15 para R$ 4,35 o litro, auditando-se em R$ 110.949,72 o aditivo.
Com isso, o saldo do contrato de R$ 2.302.206,73 passa para R$ 2.413.156,45.

Dois no mesmo posto

Os outros dois contratos aditivados são com o Auto Posto Tatinha IV e também são os registros de reequilíbrio econômico-financeiros dos processos para aquisição de combustíveis, neste caso, gasolina comum e óleo diesel S10.

No caso da gasolina, o preço do litro foi de R$ 4,89 para R$ 5,09, ficando aditivado o valor de R$ 40.862,81. O valor do saldo do contrato de R$ 999.095,61 passa para R$ 1.039.958,41.

Já o litro do óleo diesel passa do valor total contratado de R$ 3,99 para R$ 4,20. Com aditivo de R$ 93.816,79, o contrato que valia R$ 1.782.518,97 passa para R$ 1.876.335,76. Os extratos são assinados pelo prefeito Josmail Rodrigues (PSB).

Jornal Midiamax