Política / Transparência

Prefeito sanciona indicação dos vereadores para entidades de saúde e assistência social receberem R$ 5,2 milhões

Trata-se do Plano de Aplicação do FIS (Fundo de Investimento Social)

Mayara Bueno Publicado em 07/04/2021, às 10h15

Câmara Municipal de Campo Grande
Câmara Municipal de Campo Grande - (Foto: Arquivo Midiamax)

A Prefeitura de Campo Grande sancionou o Plano de Aplicação de Recursos do FIS (Fundo de Investimentos Sociais), que são emendas dos vereadores para entidades de saúde e assistência social. Na edição do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (7), foram listadas as organizações escolhidas por parlamentar e valor destinado a cada uma.

São reservados R$ 5,2 milhões para indicações e cada vereador tem direito a indicar entidades para receber R$ 180 mil - uma metade vai para assistência social e a outra para instituição de saúde - a cidade tem 29 vereadores. Antes de ser sancionado pela Prefeitura de Campo Grande, que desembolsa as quantias, o plano é votado na Câmara Muniicpal - após cada parlamentar apresentar os nomes escolhidos.

Segundo o projeto, o valor é referente a 2021 e é desembolsado de acordo com a liberação do Executivo municipal e desde que as certidões e documentos das entidades estejam em dia. 

Jornal Midiamax