Política / Transparência

Pandemia faz prefeitura de MS prorrogar até 30 de abril prazo de pagamento de IPTU

Medida, originalmente, estende prazo de pagamento em 45 dias; parcela única e primeiro vencimento ficam para o fim deste mês

Humberto Marques Publicado em 08/04/2021, às 18h33

Gerência de Receitas e Tributos da Prefeitura de Coxim
Gerência de Receitas e Tributos da Prefeitura de Coxim - PMC/Divulgação

A Prefeitura de Coxim –a 260 km de Campo Grande– anunciou a prorrogação, por 45 dias, do prazo de vencimento de impostos municipais. A medida foi tomada como forma de tentar ajudar as pessoas prejudicadas pela pandemia de coronavírus, amenizando impactos na economia causados pela doença.

“Estamos passando por um momento difícil. A pandemia do coronavírus afetou a nossa economia em geral, principalmente o cidadão que tem de pôr o pão na mesa e honrar seus compromissos. E pensando nisso, resolvemos tentar ajudar com o adiamento dos impostos municipais”, afirmou o prefeito Edilson Magro (DEM).

A medida consta no decreto municipal 396/2021. Conforme o texto, fica prorrogado o prazo para pagamento da cota única ou da primeira parcela do IPTU/2021 de Coxim, excepcionalmente, até 30 de abril de 2021. Com a medida, também fica postergado o desconto de 20% para pagamento à vista e de 10% no parcelamento até o vencimento para os contribuintes que estão adimplentes com o Tesouro Municipal.

O decreto altera o vencimento da primeira parcela do IPTU até 30 de abril. Para as demais, ficam definidas as seguintes datas: 17 de maio (2ª parcela), 15 de junho (3ª), 15 de julho (4ª), 16 de agosto (5ª) e 17 setembro (6ª).

Mais informações podem ser obtidas na Gerência de Tributação e Receita, pelo telefone (67) 99657-9993, das 7h às 13h.

Jornal Midiamax