Política / Transparência

Ministério Público aciona Justiça para proibir show de cantor sertanejo em Três Lagoas

Em meio ao agravamento da pandemia de novo coronavírus, casa noturna de Três Lagoas anunciou show do cantor sertanejo Loubet.

Jones Mário Publicado em 04/03/2021, às 15h02 - Atualizado em 05/03/2021, às 09h17

Casa de shows Nardo Pub, em Três Lagoas (Foto: Reprodução/Facebook)
Casa de shows Nardo Pub, em Três Lagoas (Foto: Reprodução/Facebook) - Casa de shows Nardo Pub, em Três Lagoas (Foto: Reprodução/Facebook)

O MPMS (Ministério Público Estadual) acionou a Justiça para barrar a realização de um show do cantor sertanejo Loubet em Três Lagoas – distante 330 quilômetros de Campo Grande. O evento está marcado para este sábado (6) e já estaria no segundo lote de vendas de ingressos, apesar da disparada no número de casos e internações por covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Segundo pedido do MPMS, o show será em casa noturna chamada “Nardo Pub”. O evento, com uma atração nacional da música, contraria decreto municipal vigente que proíbe aglomerações de pessoas em shows em salões ou casas de festa.

O MPMS reforça que os responsáveis pelo Nardo Pub vem descumprindo regras de distanciamento social e outras medidas de biossegurança vigentes no município. O local já foi alvo de fiscalização pela Vigilância Sanitária. 

Assinado pelo promotor de Justiça Eteócles Brito Mendonça Dias Júnior, da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Três Lagoas, o pedido requer a suspensão do show em caráter liminar. Além disso, sugere a proibição de qualquer show similar na casa noturna por um período de 90 dias, ou enquanto durar o estado de calamidade sanitária no município.

A casa de shows vem anunciando a apresentação de Loubet pelo Instagram. Por outro lado, o cantor não se manifestou sobre o evento em seus perfis oficiais.

Segundo dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Três Lagoas já soma 6.660 casos confirmados de covid-19. Além disso, 83 pessoas morreram na cidade em decorrência da doença – quatro delas só na semana passada.

Jornal Midiamax