A até 3 dias do início, promotores têm férias canceladas pelo MPMS

Publicações foram feitas em Diário Oficial ao longo da semana

Promotores de Justiça sul-mato-grossenses tiveram seus períodos de descanso remunerado suspenso pelo (Ministério Público de ), conforme publicações feitas ao longo desta semana no Diário Oficial do órgão. Em alguns casos, o aviso foi dado somente três dias antes do início do gozo.

Esse foi o caso de promotor que sairia de a partir da segunda-feira (18) e retornaria no dia 6 de fevereiro. Na edição desta sexta-feira (15) da publicação oficial do , o indeferimento do pedido dele foi publicado junto com o de outros seis promotores. Conforme os registros, a medida foi tomada por necessidade de serviço.

A portaria foi assinada pelo PGJ (Procurador-Geral de Justiça), Alexandre Magno Benites Lacerda.

Nem as do próprio PGJ escaparam à onda de indeferimentos. Na edição de segunda-feira (11), o procurador-adjunto indeferiu os 20 dias de descanso que estavam marcados para Alexandre Magno entre os dias 4 e 23 de fevereiro.

A até 3 dias do início, promotores têm férias canceladas pelo MPMS
Mais notícias