Vereadores cobram explicações sobre recursos de combate à pandemia em Dourados

Segundo eles, administração municipal precisa esclarecer uso de R$ 3,5 milhões que beneficiou até a secretária de Saúde

A Frente Parlamentar de Acompanhamento dos Recursos Recebidos e Destinados ao Enfrentamento e Combate à , quer explicações da administração municipal sobre o usos de recursos destinados à pandemia em Dourados, que enfrenta surtos da doença.

Segundo a frente, o precisa esclarecer o uso de R$ 3,5 milhões, dinheiro do enfrentamento ao Coronavírus, para o pagamento de salários de servidores efetivos, contratos temporários e até mesmo para custear o salário da secretária municipal de , Berenice Machado.

As informações foram constatadas no Portal da Transparência da Prefeitura. “Entendemos que da forma como foram pagos esses valores, a Prefeitura está cometendo desvio de funcionalidade, pois o dinheiro não seria inicialmente para pagar funcionários que já estavam na folha de pagamento da prefeitura”, questiona o vereador Olavo Sul ().

A Frente Parlamentar é presidida pela vereadora Daniela Hall (PSD) e também é composta pelos vereadores Sergio Nogueira (PSDB), Elias Ishy (PT) e Olavo Sul e terá a duração de seis meses. A proposta é acompanhar e fiscalizar todas as despesas realizadas em ações destinadas a combater os efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Na terça-feira (30) a Câmara de Vereadores foi alvo de protesto do Movimento pela Vida, com a colocação de cruzes que em homenagem às pessoas que morreram de coronavírus na cidade.

Vereadores cobram explicações sobre recursos de combate à pandemia em Dourados
Mais notícias