Tribunal declara irregular licitação de R$ 3 milhões para compra de combustíveis em Caarapó

Fiscalização identificou problemas no edital e também no contrato firmado pela administração municipal

O (Tribunal de Contas do Estado) julgou irregulares licitação e contrato de R$ 3,1 milhões para compra de combustíveis pela prefeitura de Caarapó. A corte ainda multou o prefeito André Nezzi (), reeleito este ano.

Na fase de licitação, aberta este ano, a divisão de fiscalização do identificou no edital ausência de estudo técnico para previsão do quantitativo necessário de combustível; divergências de  parâmetros na  pesquisa de mercado; e falta de indicação de dotação orçamentária.

Além disso, após a licitação a prefeitura da Caarapó não especificou um fiscal para o contrato, firmado com o Auto Posto Baena Ltda. Assim, o tribunal também declarou o vínculo irregular.

A decisão, unânime, ainda multou o prefeito André Nezzi em R$ 3 mil. Portanto, o gestor tem um mês e meio para comprovar o pagamento ao .

Tribunal declara irregular licitação de R$ 3 milhões para compra de combustíveis em Caarapó
Mais notícias