Reinaldo Azambuja tira R$ 7,8 milhões de hospitais em Três Lagoas e Dourados para o HRMS

Recursos estavam destinados para investimentos nos hospitais do interior e foram realocados

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) divulgou no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (19) que assinou decreto para tirar R$ 7,8 milhões em investimentos em hospitais de Dourados e Três Lagoas. Os recursos foram destinados ao HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul).

De acordo com a publicação, foram cancelados R$ 3,5 milhões da Estruturação de Unidade de Atenção Especializada em Saúde de Dourados e mais R$ 4.368.990,00 da Estruturação de Unidade de Atenção Especializada em Saúde, que estavam destinados ao Hospital de Três Lagoas.

Ambos os recursos são oriundos de anulação de dotação orçamentária, ou seja, estavam destinados para investimentos em Dourados e Três Lagoas. O total cancelado será usado pelo governo para estruturação da Unidade de Atenção Especializada em Saúde do HRMS.

Outros R$ 8.166.876,00 foram cancelados da promoção ao acesso e permanência dos alunos com qualidade de ensino socialmente referenciada em todas as etapas e modalidades da Educação Básica.

Parte dos recursos, R$ 4.205.351,00, será destinada à promoção de estrutura para o fortalecimento e o desenvolvimento do ensino fundamental. Outra parte, para estrutura para o fortalecimento e o desenvolvimento de ensino médio.

No entanto, o governo suplementou esses recursos em ‘outras despesas correntes’ nessas áreas de destinação, não indicando exatamente como esses recursos serão usados. Ao todo, foram cancelados e suplementados R$ 16.035.866,00. A publicação consta a partir da página 2 do Diário Oficial do Estado, disponível aqui.

Reinaldo Azambuja tira R$ 7,8 milhões de hospitais em Três Lagoas e Dourados para o HRMS
Mais notícias