Reinaldo destina R$ 14 milhões de gastos com pessoal na Saúde para ‘outras despesas’

Na terça, governo ainda suplementou R$ 29 milhões para programa de produtores rurais

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) cancelou R$ 14.967.879 para pagamento de pessoal e encargos sociais da Gestão e Manutenção do Fundo Estadual de Saúde para suplementar ‘outras despesas correntes’, segundo publicação do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (5).

Do total de mais de R$ 16,8 milhões suplementados desta vez, R$ 1,5 milhão foram cancelados também de ‘outras despesas’ para investimentos para promoção da infraestrutura de qualidade para o fortalecimento e o desenvolvimento do ensino em todas as suas modalidades.

Na terça-feira (4), o governo também publicou suplementação de mais de R$ 41 milhões, sendo R$ 29 milhões apenas para investimentos do MS Bioma Pantanal, com recursos provenientes de despesas diversas e suplementados na Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

O Biomas do Pantanal visa apresentar ao produtor rural alternativas para utilização da propriedade com enfoque no plantio de árvores, tanto para fins de preservação e conservação como para fins de comercialização, com iniciativa da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

Também foram suplementados R$ 2.314.110,00 por inversões financeiras na construção, pavimentação e implantação de rodovias. A maior parte dos recursos, R$ 36, 7 milhões, foram cancelados dos encargos financeiros gerais do Estado com investimentos.

Mais notícias