Festa em aldeia indígena em plena pandemia será investigada em MS

Realização da festa violaria decreto municipal que proíbe aglomerações

A Promotoria de Justiça de Dois Irmãos do Buriti instaurou inquérito civil a fim de apurar irregularidades na realização de evento na Aldeia Buriti que teria ocorrido nos dias 11 e 12 de outubro de 2020, organizado por Odilío Rodrigues. Segundo o (Ministério Público Estadual), o evento contou com várias atrações, desde almoço dançante a bandas e duplas musicais.

O evento foi alvo de recomendação, assinada pela promotora de Justiça em substituição, Bianka M. A. Mendes, e foi publicada no último dia 8 de outubro. A promotora sustenta que a realização do evento fere o Artigo 14 do Decreto Municipal nº 222/2020, que proíbe aglomerações.

A publicação não detalha se a realização do evento chegou a ocorrer.

 

 

 

Festa em aldeia indígena em plena pandemia será investigada em MS
Mais notícias