Prefeitura prorroga por mais 2 meses e suprime R$ 67,9 mil em contrato do Reviva

Contrato financiado pelo BID é executado pela Engepar Engenharia e Participações

A estendeu contrato referente à obra do Reviva Centro por mais dois meses e ainda diminuiu em R$ 67.932,94 seu valor total, de acordo com o extrato divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta terça-feira (21).

Com a supressão, o contrato com a Engenharia e Participações passou de R$ 60.455,110,03 para R$ 60.387.117,09, enquanto a data válida agora é de 7 de setembro de 2020. Em setembro de 2019, o município acrescentou R$ 11.216.603,21, chegando ao valor que hoje tem parte suprimida.

Desde 2018, a empresa toca obra do Reviva Centro, por meio de financiamento da com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

Ainda de acordo com a publicação, demais condições do contrato e os aditivos já feitos, “desde que não conflitem com o presente instrumento”, foram ratificados.

Até agora, a empresa entregou a reforma da , que hoje estampa nova ‘cara’, entre a Avenida Fernando Corrêa da Costa até a Avenida Mato Grosso. Outras vias da região central também passarão por intervenções.

A reportagem perguntou ao secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos do município, Rudi Fioresi, que assina o extrato, sobre o motivo da supressão e a fase da reforma, e ainda aguarda posicionamento.

Prefeitura prorroga por mais 2 meses e suprime R$ 67,9 mil em contrato do Reviva
Mais notícias