Na pandemia, TCE abre pregão de R$ 425 mil para comprar de água mineral a polpa de frutas 

Servidores do órgão têm atuado em regime de home office desde março

Com servidores em regime de home office desde março e conselheiros realizando sessões de julgamento de modo virtual, o TCE- (Tribunal de Contas do Estado de ) abriu licitação no valor estimado de R$ 425 mil para a compra de gêneros alimentícios que vão de adoçante a polpas de frutas.

Conforme aviso do pregão presencial de n.º 06/2020, publicado na edição do Diário Oficial desta quarta-feira (8), o processo de escolha será do tipo menor preço por lote para a aquisição de açúcar, adoçante, café, chás, água mineral e polpas de frutas.

Segundo a publicação, o certame é direcionado a microempresas e empresas de pequeno porte. A abertura da sessão será às 8h do dia 21 de julho, na sala da Superior de Controle Externo do Tribunal. O da licitação pode ser conferido clicando aqui.

Afastados do expediente presencial desde março em função da pandemia do novo coronavírus, servidores da Corte de Contas devem permanecer em regime de home office pelo menos até 31 de julho.

Na pandemia, TCE abre pregão de R$ 425 mil para comprar de água mineral a polpa de frutas 

Na pandemia, TCE abre pregão de R$ 425 mil para comprar de água mineral a polpa de frutas 
Mais notícias