MS tem índice de leitos maior que o recomendado pela OMS e mais médicos que a média do Brasil

Para cada 10 mil habitantes, MS tem 1,8 leitos de UTI

Mato Grosso do Sul possui 1,8 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes, índice maior do que o recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que é de um para a mesma quantidade de cidadãos. Além disto, o estado sul-mato-grossense possui mais médicos do que a média nacional.

Em MS existem 1,97 médicos para cada mil habitantes. Dos leitos de UTI existentes no estado, cerca de 1,3 para cada 10 mil habitantes estão disponíveis na rede pública de saúde. Nos rede privada, são 4 leitos de UTI para a mesma quantidade de cidadãos.

Segundo levantamento da Amib (Associação Brasileira de Medicina Intensiva), MS possui 3,1 aparelhos respiratórios para cada 10 mil habitantes. O aparelho é usado para pacientes hospitalizados, com complicações causadas pelo coronavírus.

Embora tenha um bom índice de médicos por habitantes, o estado sul-mato-grossense fica abaixo da média nacional na cobertura de atenção básica aos cidadãos. Segundo dados do Ministério da Saúde, compilados pela Datafolha, no estado a taxa de cobertura é de 74,8%. Os leitos hospitalares também são menores do que a média do Brasil, são 3,1 de leitos para cada mil habitantes.

MS tem índice de leitos maior que o recomendado pela OMS e mais médicos que a média do Brasil
Mais notícias