Ministro da Saúde exonera coordenador distrital de Saúde Indígena do Dsei em MS

Publicação não traz nomeação, ficando o cargo vago

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, exonerou Eldo Elcídio Moro do cargo de Coordenador Distrital de Saúde Indígena, do Dsei-MS (Distrito Sanitário Especial Indígena em Mato Grosso do Sul). A publicação está na Portaria nº 2023, de 7 de agosto de 2020, publicada no DOU () desta segunda-feira (10).

O servidor foi nomeado ao cargo em outubro do ano passado, pelo então ministro da Saúde , e substituindo Fernando da Silva Souza. A nomeação causou polêmica, na época, já que Moro é historiador formado pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e não teria afinidade nem com a questão indígena ou formação específica para o cargo.

Antes disso ele havia sido indicado para substituir Maria Clara Scardini no Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que foi mantida no cargo. Não há, na edição do DOU desta data, nomeação de substituto para o cargo, que fica em vacância.

Ministro da Saúde exonera coordenador distrital de Saúde Indígena do Dsei em MS
Mais notícias