Ministério vai repassar R$ 3,8 milhões para MS combater incêndios florestais

Governo espera receber primeira parte dos recursos ainda hoje

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) vai repassar para o governo de Mato Grosso do Sul R$ 3,8 milhões para o combate aos incêndios florestais que atingem o Estado. Segundo a CNN Brasil, o repasse ocorrerá em etapas.

Ontem, segunda-feira (14), o Governo do Estado decretou emergência em todo o Estado por queimadas que atinge diversas, situação prontamente reconhecida pela União.

O ministro Rogério Marinho deve se reunir ainda com o governador Reinaldo Azambuja () para discutir o assunto. Mato Grosso também deve ser contemplado com verba federal, mas ainda não decretou emergência.

Como antecipou mais cedo o Jornal Midiamax, o governo espera esses recursos para ainda hoje.

“Acredito que o plano já foi aprovado e que ainda hoje vamos ter a liberação destes recursos para prosseguir com as ações de enfrentamento”, detalhou Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Estado de , Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Ele se refere ao plano de trabalho e de recursos apresentado por MS ao Ministério no início da semana, em ocasião que antecedeu o reconhecimento do estado de emergência em MS em decorrência de incêndios florestais e que, na prática, ampliou territorialmente decreto anterior, que contemplava apenas a região de Ladário e de Corumbá, no Pantanal de MS.

Assim, o decreto federal publicado na tarde da segunda-feira (14), em edição extra do DOU (), vai permitir que recursos federais sejam utilizados no novo plano de trabalho, que prevê compras imediatas de insumos, itens e locações necessárias para o enfrentamento das queimadas em MS.

Ministério vai repassar R$ 3,8 milhões para MS combater incêndios florestais
Mais notícias