Licitação de R$ 1,7 milhão prevê materiais médicos para unidades de saúde de Campo Grande

Tratam-se de filtro hospitalar, agulha de punção, colar cervical, termômetro digital e umidificador de oxigênio

A abriu licitação de R$ 1.743.583,67 para comprar materiais médico-hospitalares destinados aos serviços de urgência e emergência vinculados à (Secretaria de Saúde). Segundo o desta quinta-feira (15), as propostas serão abertas em 28 de outubro.

No edital, disponibilizado no Portal da Transparência, são listados para compra de filtro hospitalar tipo bacteriano, agulha de punção intraóssea, colar cervical, conjunto para drenagem torácica, termômetro clínico digital e frasco para umidificador de oxigênio.

O objetivo, detalha o documento, é para ‘melhorar e tornar mais eficiente’ o atendimento dos serviços de urgência e emergência nos prontos atendimentos, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), rede de atenção básica, de atenção psicossocial e rede especializada.

“Garantindo o acesso aos materiais em curto prazo, minimizando o desabastecimento da rede de saúde e consequente desassistência ao paciente, assim qualificando o atendimento de média e alta complexidade, auxiliando a prevenção de melhora da qualidade de vida, assim como diagnósticos mais preciso e rápidos da população”.

Eletrônico, o pregão vai receber e julgar as propostas em 28 de outubro, a partir das 7h50 pelo endereço www.compras.campogrande.ms.gov.br/sgc.

Licitação de R$ 1,7 milhão prevê materiais médicos para unidades de saúde de Campo Grande
Mais notícias