Justiça suspende pesquisa eleitoral que ignorou população rural de Nioaque

Metade dos assentamentos do município, bem como comunidades quilombolas, sítios e fazendas, não foram consultados

A juíza Larissa Luiz Ribeiro, da 45ª Zona Eleitoral de Nioaque, mandou suspender pesquisa eleitoral de intenção de votos para o cargo de prefeito do município, distante 180 quilômetros de Campo Grande. Segundo decisão expedida hoje (13), a metodologia usada ignorou a população rural da cidade.

A representação foi protocolada pela coligação “Avante Nioaque”, da candidata à prefeita Ilca Domingos (MDB) e que tem também os partidos PDT, Democratas e PL. A pesquisa contestada foi feita pelo Instituto Ranking de Pesquisas e apontava o atual prefeito Valdir Júnior (PSDB) como reeleito, com 55% dos votos.

A “Avante Nioaque” indicou, e a reforçou, que quase metade dos assentamentos da cidade (Uiurapuru, Palmeira, Colônia Nova e Bálsamo) foram excluídos da pesquisa, bem como as comunidades quilombolas São Pedro, Araújo Ribeiro, Conceição, além de sítios, chácaras e fazendas.

Para a juíza, a metodologia adotada “poderá causar danos irreparáveis ao processo eleitoral”, pois Nioaque “possui uma alta população indígena, bem como rural, assim não é possível reduzir a pesquisa, ou realizá-la de maneira genérica, sem induzir os eleitores, mesmo que indiretamente”.

Segundo o Censo de 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), praticamente metade dos domicílios de Nioaque estão localizados na zona rural.

Além de suspender a divulgação da pesquisa, a magistrada impôs multa de R$ 5 mil por dia em caso de descumprimento da decisão.

O Instituto Ranking tem até quinta-feira (15) para apresentar defesa. O também poderá se manifestar na representação.

Nioaque tem cinco candidatos a prefeito nas eleições deste ano. São eles: Ilca Domingos (MDB), Valdir Júnior (PSDB), Ilson Bicudo (Rede), Dominique Rodrigues (Cidadania) e Cícero de Souza ().

Justiça suspende pesquisa eleitoral que ignorou população rural de Nioaque
Mais notícias