Itamaraty deve abrir em breve escritório para discutir ‘agro’ e Rota Bioceânia em MS

Revelação foi feita pelo ex-ministro Carlos Marun, após encontro com o embaixador Otavio Brandelli, na Itaipu Binacional

Campo Grande deve ganhar em breve um escritório do Itamaraty – como é popularmente conhecido o Ministério das Relações Exteriores. O anúncio foi realizado pelo secretário-geral da pasta e ministro em exercício, embaixador Otávio Brandelli, conforme revelou o conselheiro da Itaipu Binacional, Carlos Marun.

Segundo o ex-ministro Marun, em vídeo gravado para as redes sociais, o embaixador afirmou durante encontro do Conselho de Administração de Itaipu que Campo Grande deve ganhar em breve um escritório para tratar de temas do interesse do Itamaraty no Estado.

Entre eles, estão as obras da Rota Bioceânica, questões fronteiriças e o agronegócio. A possibilidade de abertura de um escritório em Campo Grande pelo Ministério das Relações Exteriores já havia sido tratada em visita recente feita pelo ministro Ernesto Araújo a Campo Grande, no encerramento da VIII Reunião do Corredor da Rota Bioceânica.

Colocada como “fundamental” para a Rota, a “integração burocrática” nas aduanas é um dos principais pontos a serem tratados. Araujo afirmou na visita, em agosto do ano passado, que a ideia é estabelecer uma única aduana, ao invés de várias, onde possa ser pago impostos e emitidas documentações referentes a todo trajeto.

Itamaraty deve abrir em breve escritório para discutir 'agro' e Rota Bioceânia em MS
Mais notícias