Governo suspende licitação para contratação de empresa de limpeza

Guatós foi contratada sem licitação em agosto de 2019 e recebeu do governo mais de R$ 28,9 milhões

Contratada sem licitação em agosto do ano passado, a empresa Guatós Prestadora de Serviços, vai continuar prestando serviços para o Governo de Mato Grosso do Sul, pois, a licitação aberta pela SAD (Secretaria de Administração) foi suspensa.

O aviso de suspensão foi publicado em Diário Oficial, nesta quinta-feira (9) para adequações no edital. Além dos serviços, a empresa também fornece os materiais.

A Guatós atende todos os órgãos do governo e segundo o Portal da Transparência, já recebeu pelos serviços o valor total de R$ 28.924.593,95‬.

Os maiores valores de contrato são os seguintes: R$ 11.718.628,98 da Secretaria de Educação; R$ 5.951.284,32 da Sejusp; R$ 7.780.373,98 da UEMS e R$ 2.359.526,28 da Fundação Especial de Saúde, conforme o Portal da Transparência.

De 1º de janeiro até agora, a SAD vem prorrogando os prazos de contrato entre a empresa e as fundações e secretarias. Não há previsão de retomada da licitação. Na época em que o contrato foi publicado, seriam 131 dias de vigência, vencendo em 14 de dezembro do ano passado. 

O atual contrato substituiu os serviços anteriormente prestados pela Vyga, que se tornou alvo de ação judicial coletiva por atrasos em pagamentos.

Mais notícias