Governo suplementa R$ 274,6 milhões para Fundersul, HRMS e outras áreas

Hospital Regional de Campo Grande vai receber mais de R$ 21 milhões

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (), assinou decreto de suplementação do orçamento na ordem de R$ 274,6 milhões. O decreto foi publicado na edição desta quarta-feira (25) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

No (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado de Mato Grosso do Sul)  foram cancelados e depois destinados novamente R$ 216,7 milhões para “desenvolvimento do transporte multimodal”.

A SED (Secretaria de Estado de Educação) vai receber R$ 36 milhões para gestão e manutenção da pasta.

Já no Fesa (Fundo Especial de Saúde), foram destinados R$ 20,9 milhões para gestão e manutenção do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul () “Rosa Pedrossian”, em Campo Grande. Verba de R$ 350 mil até então para “estruturação de Unidade de Atenção Especializada em Saúde em Dourados” vai também para o hospital campo-grandense.

O Fundo de Provisão de Recursos teve cancelados e depois suplementados novamente R$ 507,8 mil para “provisão dos serviços públicos da administração indireta”.

Por fim, a (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, e Trabalho) teve cancelados R$ 20,9 milhões que iriam para atendimento e apoio às famílias beneficiárias de programa social e mais R$ 34 milhões do “refinanciamento da dívida pública contratual estadual interna” no âmbitos dos Encargos Gerais Financeiros do Estado.

Governo suplementa R$ 274,6 milhões para Fundersul, HRMS e outras áreas
Mais notícias