Governo retifica decreto e área consumida por fogo no Pantanal cai para 300 mil hectares

Publicação original apontava área de 1 milhão de hectares de lavouras e vegetação consumida pelas chamasnativa

O de , Reinaldo Azambuja (PSDB) retificou o decreto “E” nº 81/20, que havia declarado na última terça-feira (28) situação de emergência por 180 dias em partes das áreas rurais de Corumbá e Ladário devido às queimadas. A retificação, que consta do DOU (Diário Oficial do Estado) desta quarta-feira (29), retrata informação de que as queimadas teriam consumido mais de 1 milhão de hectares de e de vegetação, passando a considerar quantidade acima de 300 mil hectares “cujos sinistros estão demandando uma força-tarefa competente e empenhada em conter o avanço do fogo, por meio de apoio aéreo e das forças de socorro locais”.

O decreto foi publicado porque facilita o apoio do governo federal no combate às chamas, e também porque a fumaça decorrente das queimadas, além do dano ambiental, também aumenta a demanda por atendimento ambulatorial decorrente de problemas respiratórios.

Imagens de satélite revelam que, apenas em julho, o teve 9.530 focos de calor, 7.598 deles em Corumbá. Hoje (28) já são 394 focos na região. Assim, força-tarefa foi montada para conter o avanço do fogo, por meio de apoio aéreo e das forças de socorro locais.

Um reforço no combate às chamas foi a chegada do Hércules C-130 da FAB (Força Aérea Brasileira), que desde a segunda-feira (27) está auxiliando no trabalho de bombeiros e brigadistas. A equipe também está sendo auxiliada por helicópteros da Aeronáutica e da Marinha. Até ontem (28), o Corpo de Bombeiros combatia ao menos 394 focos na região do .

Cerca de 50 militares do Corpo de Bombeiros trabalham na operação, com o apoio de oito veículos terrestres da corporação. Foram mobilizados para a Operação II, bombeiros de Corumbá, Jardim, Aquidauana, Maracaju, Ponta Porã e Campo Grande, além de 18 brigadistas do Prevfogo, do Ibama. O Centro de Comando da Operação foi instalado em Ladário.

A retificação pode ser conferida na página 3 do DOE desta quarta-feira (29).

Governo retifica decreto e área consumida por fogo no Pantanal cai para 300 mil hectares
Mais notícias