Governo abre licitação para retomada da Rota Bioceânica por até R$ 3,6 milhões

A licitação prevê a construção do Contorno Rodoviário Norte, que deve dar acesso à ponte que liga o Brasil e o Paraguai

Nesta segunda-feira (29), o Governo de Mato Grosso do Sul publicou um aviso de licitação para retomada das obras da Rota Bioceânica. De acordo com o edital da licitação, o valor estimado para a contratação é de R$ 3.685.967,32.

O aviso foi publicado no DOU (Diário Oficial da União). A etapa referente à licitação é a construção do Contorno Rodoviário Norte em Porto Murtinho, que deve dar acesso à ponte que liga o Brasil e o Paraguai. 

Assim, a licitação prevê contratação de uma empresa especializada para “elaboração de estudos e projetos básico e executivo de engenharia” da obra. Além do contorno, o projeto prevê a execução das “instalações aduaneiras para o Centro Integrado de Controle de Fronteira, na rodovia BR-267/MS”.

Acordo da rota

No acordo da Rota Bioceânica, o Brasil ficou responsável de executar as obras do acesso à ponte. As informações são do secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). “Dentro do acordo, o Brasil ficou responsável por fazer o acesso da rodovia BR-267 até a ponte”, explicou.

O processo licitatório deve ser conduzido pela Superintendência Regional do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) no MS. O superintendente Euro Varanis Junior ressaltou que o contorno deve reduzir os custos com o frete e a trafegabilidade durante todo o ano.

Assim, ele acredita que o acesso promoverá melhoria da logística de escoamento de bens de consumo e nas condições de segurança de integração regional e internacional. Verruck lembrou ainda que “recentemente o governador Reinaldo Azambuja discutiu sobre o acesso para a ponte com a ministra da agricultura, Tereza Cristina, e o ministro de infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas”.

Rota Bioceânica

O projeto da Rota Bioceânica é uma iniciativa para diminuir até 8 mil quilômetros do transporte de mercadorias brasileiras até o mercado asiático. O trajeto irá passar pelo Brasil, Paraguai, Bolívia e Chile.

Outra etapa da Rota já foi inciada em Mato Grosso do Sul. No dia 20 de julho de 2019 foi assinada a licitação para construção da ponte de Porto Murtinho até Caramelo Peralta, município paraguaio. Por fim, a previsão do Governo do Estado é de que a ponte seja inaugurada em abril de 2023.

Governo abre licitação para retomada da Rota Bioceânica por até R$ 3,6 milhões
Mais notícias