Em apenas um mês, Agehab empenha R$ 496 mil para pagar DigithoBrasil

Agência repassa, em média, R$ 200 mil por mês em pagamentos

A Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul) empenhou R$ 496 mil somente em janeiro para realizar pagamentos à Digitho Brasil Soluções em Software Ltda. O extrato foi publicado nesta quarta-feira (05) no Diário Oficial do Estado. O valor é referente aos meses de novembro e dezembro de 2019.

Os repasses são realizados para pagamentos de notas fiscais que comprovariam despesas com fornecimento de licença de uso, equipamentos e infraestrutura, manutenção, treinamento e suporte técnico para a gestão de programas habitacionais do Estado.

Em 2018, o governo realizou um pregão presencial para a contratação dos serviços. A empresa venceu os dois lotes da licitação pelo valor total de R$ 3.720.048,00. Desde então, o governo já pagou R$ 4.241.166 à empresa pela prestação dos serviços.

Contrato da Digitho com a Agehab (Reprodução, Portal da Transparência)

Valor de contrapartida

O valor do contrato chega a ser o mesmo da contrapartida do Governo do Estado para obras de habitação do Governo Federal em Mato Grosso do Sul. Conforme anunciado também nesta quarta pela administração de Reinaldo Azambuja (PSDB), a União investiu R$ 24,8 milhões em obras de habitações populares no Sírio Libanês I e II, sendo R$ 4,2 milhões de contrapartida do Estado.

Já no Portal das Laranjeiras, o Governo Federal enviou R$ 36,3 milhões para as obras e o Estado fez contrapartida de R$ 6,8 milhões. Os residenciais integram o Programa Minha Casa Minha Vida – FAR (Fundo de Arrendamento Residencial).

Neste ano, o governo estima entregar casas para 1.424 famílias de Campo Grande.

 

 

Mais notícias