Em sessão do Pleno, TJMS elege novos presidente, vice e corregedor-geral

Desembargador Carlos Eduardo Contar, atual vice, foi escolhido por aclamação para comandar o tribunal até 2022

Os desembargadores do Tribunal Pleno elegeram, por aclamação, o desembargador Carlos Eduardo Contar para presidência do (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) no biênio 2021/2022.

Atual vice-presidente do tribunal, Contar vai completar ciclo iniciado em 2018, quando foi eleito para o cargo de corregedor-geral da Corte.

O desembargador entrou na magistratura em 2007, pela vaga do quinto constitucional reservada ao Ministério Público. Antes, atuava como procurador de Justiça.

No TJ, Carlos Eduardo Contar presidiu a 2ª Câmara Criminal, a Seção Criminal e a 2ª Seção Criminal. Além disso, também atuou no (Tribunal Regional Eleitoral) entre 2015 e 2019.

O Tribunal Pleno também elegeu o novo vice-presidente do , desembargador Sideni Soncini Pimentel, e o novo corregedor-geral de Justiça, desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva.

O mandato do atual presidente do tribunal, desembargador Paschoal Carmello Leandro, bem como do vice, Contar, e do corregedor-geral, desembargador Sérgio Fernandes Martins, termina no dia 27 de janeiro de 2021. Por outro lado, a posse da nova administração do ainda não tem data marcada. 

Em seu primeiro ano à frente do tribunal, Carlos Eduardo Contar ficará responsável por um orçamento de R$ 971,6 milhões, maior entre os órgãos estaduais. O valor está previsto na (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2021.

Em sessão do Pleno, TJMS elege novos presidente, vice e corregedor-geral
Mais notícias