Diárias pagas a vereadores de Miranda viram alvo de investigação do MPMS

Câmara não revela pagamentos dos últimos oito anos

O (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) abriu procedimento preparatório para apurar eventual a irregularidade no recebimento de diárias pelos vereadores de Miranda, cidade no oeste do Estado.

Edital de abertura foi publicado na edição desta segunda-feira (23) do Diário Oficial do órgão (DO). A investigação está sob sigilo.

O da não apresenta gastos com diárias neste ano e em exercícios anteriores. O salário bruto do parlamentar mirandense hoje é de R$ 7,5 mil.

Diárias pagas a vereadores de Miranda viram alvo de investigação do MPMS
Mais notícias