Culto religioso, balneário e festas: Sonora flexibiliza medidas contra coronavírus

Os números da doença são o parâmetro para cidade retomar algumas atividades

A prefeitura de Sonora, cidade distante 363 quilômetros de Campo Grande, publicou um novo decreto que flexibiliza medidas para a prevenção do coronavírus. As novas reaberturas estão valendo desde a manhã desta quinta-feira (24), entre elas: cultos religiosos, confraternizações sociais e a volta do balneário municipal.

As novas decisões foram tomadas pelo Comitê de Gestão de Crise, no dia 18 de setembro. O qual levou em consideração a estratégia adotada pelo município desde o início da pandemia. O parâmetro é a incidência do contágio, seja para medidas restritivas, seja para flexibilizações. Segundo o decreto, o município retomou o controle do achatamento da curva de transmissão, por isso tem condições de começar a retomar algumas atividades.

Desde hoje de manhã está liberado a realização de cultos religiosos, com até duas horas de duração. No entanto, todas as medidas de segurança vigentes no decreto anterior precisam ser cumpridas. Também foi autorizado reuniões sociais com até vinte pessoas, sem aviso prévio. Porém continuou vedada a realização de qualquer evento social, político ou cultural, acima do número permitido, sem o requerimento e aprovação do comitê.

Da mesma forma, voltou a funcionar o balneário municipal. De quarta-feira até domingo, das 06:00 às 22:00, as exigências de segurança também terão que ser respeitadas, os grupos podem ser de no máximo vinte pessoas e cada um precisa ficar distante dois metros do outro.

Os salões de festas e eventos entraram na flexibilização, com limitação de 30% da capacidade, e é necessário cumprir as medidas preventivas.

Por fim, mantiveram as prevenções, como o uso de máscara em lugares público, uso de equipamentos de segurança, o distanciamento e a higiene necessária.

Culto religioso, balneário e festas: Sonora flexibiliza medidas contra coronavírus
Mais notícias