Com mortes chegando a 2 mil, governo suplementa R$ 24,1 milhões para combater Covid-19

Suplementação para saúde e outras áreas totaliza R$ 47 milhões

Com a curva de casos da ainda ascendente em , o destinou mais R$ 24,1 milhões para ações de combate à doença causada pelo novo coronavírus. Nesta quarta-feira (16), o Estado chegou a 116.612 casos confirmados e 1.978 mortes.

No total, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) autorizou suplementação na ordem de R$ 47 milhões. Inicialmente, a verba era de R$ 5,1 milhões.

Para isso, foram remanejados R$ 10,4 milhões da assistência farmacêutica no âmbito do (Sistema Único de Saúde) e outros R$ 8,6 milhões inicialmente destinados para gestão e manutenção do Fesa (Fundo Especial de Saúde).

O maior montante vai para o TJMS (Tribunal de Justiça de ), que terá R$ 22,7 milhões para gestão de pessoal e encargos.

A (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) terá R$ 170 mil para gestão e manutenção da autarquia.

E no Fundo Especial para Instalação, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades dos Juizados Cíveis e Criminais, foram cancelados R$ 7,5 mil para “formação e aperfeiçoamento de pessoal e magistrados”, que serão repassados para a área de “gestão institucional e comunicação social”.

Com mortes chegando a 2 mil, governo suplementa R$ 24,1 milhões para combater Covid-19
Mais notícias