Cinco empresas disputam licitação de R$ 24,3 milhões para pavimentar 4 regiões de Campo Grande

Licitação foi lançada em 16 de outubro de 2020

Cinco empresas concorrem na licitação de R$ 24.306.219,99 que prevê recapeamento em vias das regiões Anhanduizinho, Bandeira, Imbirussu e Prosa, em Campo Grande. Nesta terça-feira (1º), foi publicado o resultado da habilitação da fase de propostas no (Diário Oficial de Campo Grande).

Foram classificadas, Engepar Engenharia e Participações, Equipe Engenharia, Caravaggio Construtora, NG Engenharia e Construções e Teccpm S/A Construção e Pavimentação. A Solução Engenharia foi inabilitada para todos os lotes. O resultado pode ser questionado em um prazo de cinco dias, contado a partir de hoje. A próxima etapa é a disputa de preços.

O edital dividiu a concorrência em dois lotes – o primeiro será com valor estimado em R$ 12.442.855,15 e o segundo, R$ 11.863.364,84. De acordo com o , onde foram divulgados anexos com detalhes sobre cada lote, na região do Imbirussu, por exemplo, são listadas as Avenidas Aeroporto, Capibaribe, Murilo Rolim Júnior e Presidente Café Filho. Ainda, Rua dos Andradas, Taquari e Yokoama e Avenida Ministro José Linhares.

No Anhanduizinho, estão as Ruas da Dvisão, Ana de Souza e Avenidas Campestre, Gunter Hans, Rua Lagoa da Prata e Santa Quitéria. As Ruas Autonomista, Capiatã, Dr. Paulo Machado, Luciana e Olímpio Klafke, compõem as vias da região do Prosa, assim como as Ruas Giocondo, Hermelita de Oliveira, Jeribá, Pedro Martins e Vitório Zeola.

A Avenida Ministro João Arinos, e Ruas dos Democráticos, Julio Verne, Paraisópolis, Professor Hilário da Rocha, Santana, Vitor Meirelles são da região Bandeira. Os documentos terão de ser entregues até às 9 horas de 18 de novembro, na sala de reuniões da Diretoria-Geral de Compras e , localizada na , nº 3.297, no Paço Municipal.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fioresi, são vias em condições precárias de tráfego e que são de grande fluxo. A obra deve começar ano que vem e, ainda segundo o titular, o dinheiro é fruto de emenda parlamentar da bancada federal.

Cinco empresas disputam licitação de R$ 24,3 milhões para pavimentar 4 regiões de Campo Grande
Mais notícias