Câmara de Dourados conclui devolução de duodécimo à Prefeitura

O repasse foi iniciado no dia 19 de dezembro do ano passado

Durante solenidade na Prefeitura de Dourados, a Câmara Municipal concluiu nesta sexta-feira (10) a devolução do duodécimo referentes ao exercício de 2019. No dia 19 de dezembro, foi feita a restituição de R$ 4,5 milhões, depois mais R$ 1.175.071,80, no dia 23 de dezembro, e, por fim,  o valor de R$ 2.221.768,55, totalizando R$ 7.896.840,35 milhões.

O valor é uma somatória do duodécimo de 2019, rendimentos, entre outros valores administrados durante o ano.O presidente da Casa de Leis, vereador Alan Guedes (DEM), explicou que desde o ano passado a Câmara tem feito a devolução para a prefeitura.

“Esse valor é um esforço da Câmara e de todos os vereadores em entender a importância de reduzir as despesas e administrar bem os recursos, com o objetivo de oportunizar que a prefeitura, através deste dinheiro, possa fazer investimentos e pagar alguns fornecedores”, comentou Alan.

O presidente ainda apontou que a prefeitura cumpriu com o compromisso e pagou os fornecedores. “Foi um esforço coletivo. Esse valor representa a austeridade e o trabalho que empreendemos, junto com a Mesa Diretora, na gestão da Câmara, assim auxiliando e contribuindo para que estas entidades tivessem seus créditos recebidos”, finalizou.

Além do compromisso com fornecedores, os recursos darão segurança para que a prefeitura possa concretizar as emendas impositivas, propostas pelos vereadores.

Durante a solenidade a prefeita Délia Razuk (PTB) enalteceu a atuação e parceria do Legislativo municipal.  “Fico muito feliz por iniciar o ano com a presença dos vereadores. Agradeço pela parceria nestes anos e parabenizo pela gestão austera”, afirmou a prefeita.

Folha

Segundo o secretário municipal de Fazenda, Carlos Francisco Dobes, o repasse feito pela pelo Câmara também será utilizado na complementação do pagamento de uma parte dos servidores municipais. Esta semana a Prefeitura conseguiu quitar 94% da folha de pagamento dos servidores municipais.